Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
ContatoContato
Textos
Título Categoria Data
Minha obsessão Pensamentos 09/07/17
Cheiro do seu cigarro Contos > Amor 05/06/17
Belezas da vida Cartas 31/05/17
Meu pedacinho do céu Poesias > Alegria/Felicidade 02/05/17
O monstro que em mim habita Poesias > Góticas 10/02/17
Lembranças do nosso amor ( versão resumida) Contos > Amor 10/09/16
Apenas com os pensamentos Poesias > Pensamentos 27/08/16
Diário de Maxim Contos > Cotidiano 28/03/16
O observar Pensamentos 23/03/16
Suicídio a solução final Mensagens 07/03/16
De essa força me segue no Twitter Cartas 03/03/16
O que e amadurecer Prosa Poética 07/02/16
Interpretação dos contratos. Textos Jurídicos 20/09/15
A carta de um suicida, e suas dores. Poesias > Solidão 08/08/15
Um recado de amor Homenagens 07/07/15
O que os idosos têm a oferecer? Homenagens 21/06/15
Olhos negros de ódio. Poesias > Góticas 28/05/15
Realidade, nua e verdadeira. Poesias > Desilusão 20/05/15
Homens e suas asas da imaginação Poesias > Esperança 29/03/15
As Dores de Uma Vida bem Viva Mensagens > Autoajuda 27/02/15
Página 3 de 4 1 2 3 4 [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras