Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
ContatoContato
Textos


            Lembro-me quando a vi pela primeira vez, seu sorriso, seu olhar penetrante trazendo em mim os mais puros desejos. Lembro-me que olhou para mim.
            Ali começou uma troca de olhares e desejos, ate que criei coragem de ir ate você perguntei o seu nome e com um lindo sorriso me respondeu, pedi seu numero, más antes perguntei se estava solteira e você disse que sim.
            Mal sabia eu que ali iria começar uma linda historia de amor, já ali perguntei seu nome e com um lindo sorriso você me respondeu, você estava ocupada com seu trabalho então me retirei já com seu telefone anotado prometi que iria ligar um pouco mais tarde.
            Assim então eu fiz, liguei para você conversamos por hora e horas e assim foi começando uma amizade que logo se tornaria um lindo conto de amor, ate que criei coragem e te chamei para sair.
            Marcamos em um restaurante, onde aconteceu nosso primeiro beijo, era um lugar maravilhoso digno de uma cena de filme romântico, você me falou dos seus sonhos dos seus gostos e a cada momento eu me encantava ainda mais por sua beleza e seu jeito de ser.
            Depois de sair do restaurante você me convidou para ir ver o luar na praia, onde se criou um clima perto dali estava acontecendo um luau as musicas tocadas ali serviram de fundo para a nossa historia que estava sendo escrita ali em meio a areia e um lindo luar feito apenas para nós.
            Depois de vários e vários encontros sorrisos e chamegos a pedi em casamento e o que era minha namorada com o tempo se transformou em minha esposa que eu amava que durante alguns anos veio o fruto do nosso amor uma linda menina que posso chamar de minha filha.
 
 
Gustavo Vilela
Enviado por Gustavo Vilela em 28/05/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras