Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
ContatoContato
Textos


            Em uma pequena cidade do interior, morava um homem muito famoso chamado Paulo Vitor que se destacava pelo seu senso de humor.
            Paulo Vitor, era um homem de poucos amigos, tinha apenas sua empregada chamada Rita, seu sobrinho Otavio, uma prima de nome Rosangela e seu velho amigo Pedro.
            Vitor era um homem muito rico sócio de uma famosa fabrica de tecidos junto com seu amigo Pedro, morava em uma mansão apenas com sua empregada Rita. Paulo já era um homem velho com seus 50 anos e morava na cidade apenas 20 anos poucos conheciam sua historia.
            Rita sua empregada, era vista quase sempre como sendo sua esposa, pois estava sempre junto do patrão em todos os eventos sociais, dizia ele que ficava estranho um homem na sua idade aparecer sozinho em tais eventos, ela trabalhava para ele ja havia alguns anos, porem só sabia que ele era um homem que se vestia muito bem e por isso tinha certo encanto por ele, más sempre em segredo.
            Seu sobrinho Otavio, sempre o visitava e sempre era mal recebido, porém pouco importava já tinha se acostumado com o humor sarcástico do tio, ele trabalhava para seu tio como o chefe dos recursos humanos da fabrica também cuidava das finanças do tio.
            Já sua prima Rosangela, foi criada com Paulo, era a única pessoa que o conhecia de verdade, pois haviam dividido um apartamento em outra cidade há alguns anos atrás, devido a isso tinha uma amizade muito próxima de Paulo.
            Pedro seu sócio, era apenas amigos de alguns anos 20 anos para ser exato, o conheceu assim que Paulo chegou à cidade querendo alguém para montar com sigo uma fabrica de tecidos, Pedro aceitou o convite para o investimento o qual hoje ele e um dos sócios, más Paulo ainda toma as decisões da empresa.
            Assim estava sendo a vida de Paulo Vitor, ate que certo dia recebeu uma carta de um amor antigo, essa carta chegou duas semanas antes do natal, mal sabia Paulo que mudaria totalmente a sua vida tal carta.
 
Gustavo Vilela
Enviado por Gustavo Vilela em 06/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras