Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
ContatoContato
Textos


O que é a vida? Só os idosos saberiam responder essa questão, lembro-me de uma seria muito interessante que me levou a pensar, bem era um dialogo entro um senhor e um jovem, onde o jovem perguntou uma certa coisa, e o homem respondeu meu jovem nunca peça um velho para contar historias de sua vida, sucessivamente o jovem respondeu gosto de ouvir historias.
            Vejo muito desrespeito com pessoas idosas, para mim são como enciclopédias cheias de informações e experiências vividas adoro ouvir historias sobre a vida das pessoas principalmente idosas, eles sabem muito tem muito a nos oferecer, com suas historias causos, aos quais muitas pessoas ignoram ou não se interessam acham tudo isso uma perda de tempo, pois não e perda de tempo talvez ele possa explicar um erro que ele cometeu, e que você cometera por não ouvi-lo.
            Sempre gosto de ouvir historias, acho fascinante, em saber como eram as coisas antigamente as dificuldades em fazer coisas que para nos e muito simples, acredito que os idosos deveriam ser tratados melhor não jogados em asilos ou serem ignorados por seus filhos, pois ali esta sua historia sua própria origem e esta velho ranzinza que só reclama, que lhe cuidou que trabalhou para te manter e que agora você não precisa mais e os deixam jogados como uma coisa que só atrapalha.
            Não desfaça de suas origens lembre-se seu filho o observa e vai fazer a mesma coisa com você. De a eles mais atenção escute acredite será bem proveitoso.
Gustavo Vilela
O que é a vida? Só os idosos saberiam responder essa questão, lembro-me de uma seria muito interessante que me levou a pensar, bem era um dialogo entro um senhor e um jovem, onde o jovem perguntou uma certa coisa, e o homem respondeu meu jovem nunca peça um velho para contar historias de sua vida, sucessivamente o jovem respondeu gosto de ouvir historias.
            Vejo muito desrespeito com pessoas idosas, para mim são como enciclopédias cheias de informações e experiências vividas adoro ouvir historias sobre a vida das pessoas principalmente idosas, eles sabem muito tem muito a nos oferecer, com suas historias causos, aos quais muitas pessoas ignoram ou não se interessam acham tudo isso uma perda de tempo, pois não e perda de tempo talvez ele possa explicar um erro que ele cometeu, e que você cometera por não ouvi-lo.
            Sempre gosto de ouvir historias, acho fascinante, em saber como eram as coisas antigamente as dificuldades em fazer coisas que para nos e muito simples, acredito que os idosos deveriam ser tratados melhor não jogados em asilos ou serem ignorados por seus filhos, pois ali esta sua historia sua própria origem e esta velho ranzinza que só reclama, que lhe cuidou que trabalhou para te manter e que agora você não precisa mais e os deixam jogados como uma coisa que só atrapalha.
            Não desfaça de suas origens lembre-se seu filho o observa e vai fazer a mesma coisa com você. De a eles mais atenção escute acredite será bem proveitoso.
Gustavo Vilela
Gustavo Vilela
Enviado por Gustavo Vilela em 21/06/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras