Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
ContatoContato
Textos


            E estranho e cruel quando se para e pensa no tempo que foi perdido, pois e errado pensar assim, más a realidade e que algumas pessoas sempre pensam nisso, a todo tempo o dia todo. Fico horas e horas olhando para o nada apenas com meus pensamentos.
            Noites em claro, relembrando cada momento de toda a minha vida cada erro que sinceramente nem faz diferença, más penso neles a todo instante, lembro-me de pessoas que passaram em minha vida os pontos onde errei se e que eu errei de verdade, pode ser um truque da minha mente, sim ela com certeza faria isso.
            Com os anos você aprende e se isola, pois sabe que aproximar vai cometer erros ter pessoas entrando em sua vida vai causar irritação e quando elas saírem da sua vida, você vai pensar toda hora o dia todo sobre porque ela preferiu sair de sua vida, e você passa horas e horas procurando possíveis erros.
            Esses pensamentos se tornam cada vez mais e mais intenso, aumenta um grau de irritabilidade isso causa revolta e agressividade e gera um cansaço enorme, a respiração começa a pesar as ideias se espalham uma logo após a outra em um ritmo inquietante, como um filme de terror montado apenas com imagens que você odeia e quer esquecer. E você só tem o dia todo para pensar, querendo ou não.
            E difícil acreditar que e possível viver assim, sinceramente e horrível porem com o tempo você se acostuma, e começa a crer que na verdade não importam más vai pensar sobre isso também, escolher não escolher e uma escolha e isso sua mente traz a tona e te obriga a refletir sobre a todo tempo. E você se isola na esperança de não haver formas ou meios de criar lembranças ruins que ira te torturar o resto da vida o dia todo a todo instante.
            Viver isoladamente te faz perder oportunidades e você fica pensando no que esta perdendo, e pensa nisso todos os dias a todo instante. Poderia desistir más acredito não ser a resposta, porém viver assim e horrível e cansativo. E advinha só você faz essa comparação o dia todo a todo instante risos e mais risos, isso não e uma carta de suicídio e apenas uma realidade horrível.
            Acaba que no fim você e torturado e destruído por você mesmo podendo culpar a si mesmo, pois ninguém se importa e no fundo realmente eles não têm a obrigação de ligar para o que você passa e nem o direito de julgar, o que e a única coisa que fazem.
 
Gustavo Vilela
Enviado por Gustavo Vilela em 28/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras