Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
Textos
O ritual de passagem
            Sempre imaginei como seria como seria minha vida adulta quando criança queria ser um cientista respeitado como um intelectual.
            Quando fui ficando mais velho esses sonhos, de o que ser quando crescer foi se mesclando sendo eliminados alguns e acrescentados outros.
            Hoje já adulto eu só quero paz e tranquilidade, aquele antiga questão do que ser quando crescer já não faz muito sentido agora e muitos daqueles sonhos foram se adaptando a realidade do mundo.
            Esta parte da vida e marcada por decepções e perdas, não perdas de pessoas, embora isso ocorra más sim a perda de si mesmo.
            Como uma tabua no formato circular e preciso se enquadrar para que se encaixe más muitos desses cortes tire às vezes o melhor de nos, tudo para seguir a grande corrente chamada vida.
            Ocorre um pouco de resistência que vai diminuindo com o tempo e aos poucos você só vai se apegando cada vez mais ao pouco que sobrou de você.
            E interessante analisar um adolescente, seu sonho sua visão de que pode controlar tudo a sua volta e que seus pais só querem ‘’queimar seu filme’’ omitir sua identidade.
            Porem chegando à fase adulta ele bate de frente com o mundo frio e amargo, onde simplesmente não ligam esse golpe e marcante e doloroso, más mesmo que demore ele vai se habituando, embora algumas pessoas conseguissem passar por isso de forma gradual e sempre de queixo erguido, alguns levam anos e se recusam ate que querendo ou não se adaptam.
            Assim seguimos, e o estranho que quando tivermos nossos próprios filhos vamos ser chatos e quadrados como os nossos pais foram com nós mesmos.
            E sim na fase adulta começamos a entender nossos pais, suas preocupações, más não nós desculpamos nem nada, pois assim como eles já somo adultos e desculpas assim e coisa de criança ou adolescente.
 
 Gustavo A Vilela
Peço ajuda para dar continuidade ao meu trabalho, sua contribuição será de grande importância, caso tenha gostado, seja com 10 reais ou até mesmo 50 reais, será de grande ajuda, pois necessito muito devido a tratamentos psiquiátricos e remédios controlados. Caso desejar oferecer a quantia basta clicar no logo do pagseguro logo a baixo o logo roxo para 10 e o logo cinza claro para 50. 
Gustavo Vilela
Enviado por Gustavo Vilela em 08/05/2020
Alterado em 10/05/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Comprar Agora
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!