Gustavo A Vilela
O puro e ingênuo amor, pela doce arte das palavras...
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
ContatoContato
Textos
Título Categoria Data
Procuro minha paz Prosa Poética 11/12/19
Vida boemia Prosa Poética 17/10/19
O que e amadurecer Prosa Poética 07/02/16
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!